Associação Abelhinhas II –  Amor em Forma de Trabalho

Associação Abelhinhas II – Amor em Forma de Trabalho

Hoje é dia de Além do Closet, a tempos não entrevistava alguém, mas o de hoje tem gostinho especial!

Rolou um papo super massa com a Lucy e a Cirlei Presidente e Vice-presidente da Associação Abelhinhas II.

Ontem encontrei com as duas na casa da Cirlei para acertamos os últimos detalhes para o desfile de hoje e aproveitei para entendermos mais desse belíssimo trabalho. As queridíssimas Lucy e Cirlei compartilharam suas experiências na associação e vou compartilhar com vocês.

IMG_4010

A Associação Abelhinhas II, foi criada a 32 anos pelas por sete “abelhas”, mulheres que queriam ajudar a sociedade necessitada de Rio Verde. Através de visitas nas casas e hospitais as “abelhinhas” detectavam as necessidades das pessoas carentes depois se uniam para arrecadar e suprir a necessidade daquelas pessoas. Para pode ajudar as “abelhas” faziam de um tudo, bingos, desfiles, jantares, crochê, bordados, pães, doces… Se uniam e com o fruto do trabalho ajudavam! Ao longo dos 32 anos a “colmeia” se fortaleceu com mais mulheres e foi ajudando cada vez mais. Hoje já são 41 mulheres em proou do bem.

Confira o bate papo:

Blog da Thay: Para tornar uma das membras da associação é necessário receber o convite. O que as motivaram a largarem seus lares e rotinas para fazem trabalhos sociais?

Lucy: Conheci o grupo participando dos bingo convidada sempre pela Ione, e estava sempre ajudando. Sou de São Paulo, capital, e lá eu não tinha a oportunidade de ajudar assim, lá as vezes eu não conhecia nem mesmo meus vizinhos de porta, mas aqui eu tive essa oportunidade de trabalhar. Foi surgindo os trabalhos sociais, comecei fazendo alguns trabalhos para a igreja católica, a Ione ficou sabendo e me convidou para ajudar no Centro berço de luz, após, ela me convidou para fazer parte das abelhinhas.

IMG_3944

Cirlei: Fui convidada pela Elenita, que foi minha madrinha dentro do grupo, o que me motivou foi o “poder” ajudar, poder fazer o bem.

Blog da Thay: O que as motivam a ajudar o outro? Qual o retorno que vocês esperam receber?

Lucy:  Poder olhar uma pessoa necessitando realmente de algo e ela não tem o dinheiro e você chega e poder ajudar. Só de ver a alegria da pessoa é o melhor retorno. Para mim o mais gostoso e ver que retirei o “peso” daquela pessoa.

Cirlei: Sempre falo que o bem que fazemos para o outro, o bem é maior para gente. Chego em casa muito realizada.

Blog da Thay: Sim, estou vendo nos olhares e nos sorrisos de vocês essa alegria de fazer o bem!

Lucy: Às vezes nem pensamos em retorno. Eu não espero nem um “muito obrigada”! É tão espontâneo querer ajudar que não me preocupo com o retorno e todas as “abelhas” são assim. Ninguém comenta se alguém agradeceu ou não. Agora que você perguntou que pensei. Acho que nunca comentamos sobre um agradecimento ou a ausência do agradecimento.

Cirlei. Tem aquela pessoa que você faz o bem e ela reconhece, mas tem pessoas que acham que é nossa obrigação. Mas não nos importamos se ouve ou não o agradecimento. Não pensamos ou esperamos o agradecimento.

Blog da Thay: Quais as necessidades que vocês ajudam a suprir?

Lucy: A necessidade da vez! Alimentos, consultas, cadeiras de rodas, máquina de costurar, tratamentos, o que precisar!

Blog da Thay: Então vocês ajudam tanto instituições quanto a individualidade de cada pessoa necessitada?

Lucy: Sim! Nós já fizemos evento onde toda a verba arrecadada foi destinada para uma única instituição. Como uma vez que fizemos um jatar só para o sanatório que  estava passando por um situação muito difícil. Para vocês verem como somos abençoadas, quando fomos fazer o evento a cidade toda começou a ajudar. Foi maravilhoso!

Cirlei: Teve um outro evento também onde toda a verba arrecadada foi destinada para a reforma dos quartos do ABAL.

IMG_4004

Lucy: Agora na minha gestão, tivemos a ideia dos eventos ajudarem toda a sociedade. Pois tem muita gente precisando, uma mesa, uma máquina de costura, cadeiras, alimentos, cada hora surgi uma necessidade.

Cirlei: Nesse evento que realizaremos hoje, a Tarde do bem, já tem muita gente pedindo. Vamos ter que fazer esse dinheiro render muito, para poder ajudar a todos!

Blog da Thay: Quem e de qual forma os leitores e parceiros do blog pode ajudar?

Lucy: Todos, empresas ou pessoas físicas!

Blog da Thay: Fiquei arrepiada agora! Quem quiser doar entra em contato com vocês de qual forma?

Lucy: Podem entrar em contato tanto pela página no facebook Clique Aqui pelos telefone (64) 9987-2926 ou 9675-1968 ou falando com uma das “abelhas”. Os mesmos contato para alguém que precise de algum auxílio. Fazemos uma triagem para verifica a real necessidade. Nem sempre dá para doar os valores totais que as pessoas necessitam, mas tentamos conseguir o máximo.

Blog da Thay: Nesses 32 anos, vocês tem números que expressem o tamanho dessas doações?

Lucy: Nossa foram muitas doações ao longo desses anos!

Cirlei: É tudo registrado em ATA e temos todos os recibos. Mas nunca fizemos esse levantamento para saber quantas pessoas e qual o valor já doado.

Blog da Thay: Já teve alguma vez que vocês ajudaram e depois a pessoa voltou querendo devolver o valore recebido para ajudar outras pessoas?

Lucy: A pouco tempo conseguimos uma consulta para uma pessoa e ela doou uma “prenda” para leiloarmos no nosso bingo, pois ela queria agradecer o que fizemos por ela. E teve uma outra vez que uma senhora da igreja dos Vicentinos, que também doou uma “prenda” em agradecimento as ajudas que já fizemos a igreja. Não ajudamos esperando nada em troca, mas aceitamos de bom coração, ficamos super felizes, pois mostra que a pessoa valorizou os nossos trabalhos.

Blog da Thay: E de todas as doações que já foram feitas, qual mais tocou individualmente vocês?

Lucy: Uma vez uma menina precisou fazer um transplante de medula e ajudamos nas despesas da menina e da mãe nos dias de tratamento em Barretos. Um dia estava em casa e recebi uma ligação muito emocionada da mãe da menina, dizendo que estava envergonhada de pedir ajuda mais uma vez, mas ela só tinha a nós para recorrer naquele momento. A mãe relatou que precisar pagar as despesas do sepultamento da filha que infelizmente faleceu por uma infecção generalizada. A funerária havia retidos os documentos daquela mãe pois ela não tinha dinheiro para pagar as despesas. Fiquei muito infeliz e tocada por imaginar aquela mãe sepultar sua filha sozinha em uma cidade distante da sua. Imagina, se ela não teve dinheiro nem mesmo para pagar o caixãozinho, ela não pode velar sua filha em sua cidade junto com seus familiares. Até danei com ela! Eu dizia: Por que não me ligou antes, ajudaríamos a trazer sua filha para ser velada junto aos seus familiares. E ela dizia: Fiquei com vergonha dona Lucy. Essa para mim foi a história que mais me tocou.  Pois ela poderia ter ligado antes que faríamos o possível para trazer ela e a filha dela de volta.

Blog da Thay: Nossa fico emocionada só de ouvir!

Cirlei: A que mais me tocou não foi uma doação muito grande. Foi quando nasceram aqueles trigêmeos prematuros. Ajudamos doando leite e quando chegamos lá eram três nenenzinho petitiquinhos, a coisinha mais bonitinha. A casa era pequeninha, apenas dois cômodos e eles tinham mais duas crianças além dos trigêmeos.  Levamos leite, cestas básicas, brinquedos que tinha aqui em casa dos meus meninos. Foi bem emocionante, até fico com vontade de rever os nenenzinhos.

IMG_4023

Blog da Thay: Vocês sempre fazem uma visita de após doação?

Lucy: Depende da doação, algumas tem a necessidade já outras não. Por que são tantas que não dá para acompanharmos todas as doações.

Blog da Thay: Para finaliza. Em mundo que está cada vez mais sedente de amor, onde cada vez se olha menos para o outro. Qual a mensagem que vocês deixam para nós?

Lucy: A melhor coisa do mundo e  poder dar um abraço em um pessoa que nem sonha que você está olhando para ela. As pessoas as vezes só querem um pouquinho de atenção, serem ouvidas e notadas. Então minha mensagem e para que as pessoas esqueçam um pouco do governo e olhe para a sociedade. Por que por mais que os necessitados tem a ajuda do governo, que nem sempre é suficiente, precisamos olhar com amor. Olha gente, não é fácil chegar em uma casa e não ter o que comer, imagina um pai de família chegar em casa de mãos vazias e não conseguir sustentar a própria casa, e você poder ajudar! Então temos que parar de achar que tudo é responsabilidade do governo, lógico que é obrigação do governo, mas podemos fazer um pouquinho, que seja um pacote de arroz ou um pacote de bolacha. Além que fazer o bem gera crescimento. Então acredito que a situação que estamos hoje não é à toa, então se eu posso ajudar eu vou fazer minha parte e ajudar. E esse crescimento traz a maior felicidade do mundo. Crescimento de amor! Ajudar sem esperar retorno, porque ajudar esperando retorno não é ajuda, é uma troca. Comece dando um abraço, doando amor!

 

Cirlei: Além desse crescimento quero deixar aqui o meu relato do quanto é bom participar desse grupo. Esse grupo é uma família, tem dias que acordamos meio tristinhas e encontramos cura e apoia a outra. Somos bem unidas, é uma família de mulheres. Particularmente, para mim fazer parte das abelhinhas é muito bom, eu entrei em uma fase que eu precisava dessas amizades. É um lugar onde ninguém se sente sozinha.

Lucy: Estamos sempre cuidando uma da outra. Se alguma tem um problema reunimos e fazemos uma oração na hora. Estamos sempre cuidando e intercedendo uma pelas outras. Somo muito unidas.

Blog da Thay: Meninas muito obrigada por dividir com o blog as experiências de vocês! Estou mega realizada de fazer parte do desfile e ainda mais feliz de dividirem essas vivencias comigo. Saio dessa sala “maior” que entrei, aprendi muito nessa tarde com vocês! Em forma de agradecimento ofereço um “mimo” para cada “abelha” dessa “colmeia”, o “Adesivo Capilar” da Prizer Cosmetics, que é um produto que eu adoro e uso todos os dias, otanto como leavin usando algumas gotinhas antes de secar os cabelos ou como mascara hidratante passando uma porção maior e deixando agir por uns 5 minutos.

IMG_4081

Lucy: Ai que ótimo! Risos!

Cirlei: Que chique! Risos!

Lucy: As meninas vão amar!

Blog da Thay: Elas ficarão com os cabelos ainda mais lindos! Aproveito para agradecer ao meu parceiro Prizer Cosmetcs, que presenteou você e topou participar deste momento.

IMG_4072

Meninas mais uma vez muitoooooo obrigada!

 

 

Gente é isso, espero que tenham gostado e aprendido com essa abelhas! O mundo precisa de mais amor!

E venha participar do desfile de hoje! Será vendido ingressos na entrada. O Evento começa às 13:30 e será no Salão do Sindicato Rural. Participando da Tarde do Bem, além de passar uma tarde divertidíssima você estará ajudando alguém!

Espero por vocês!

Beijinhos!!!

Gostou? Então compartilhe 🙂Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on TumblrPin on PinterestShare on Google+Share on StumbleUponEmail this to someone

Autor

admin
Thaylline foi modelo, foi colaborado de um blog de moda com postagens semanais, liderou lojas no varejo de moda em artigos de roupas e sapatos, é colunista de moda da revista RV e apresentadora do programe-te "Thay Na Moda" da TV Sucesso afiliada TV Record.