O Poder dos Alimentos Antioxidantes – Por Ana Flávia Cunha

O Poder dos Alimentos Antioxidantes – Por Ana Flávia Cunha

O papel dos antioxidantes é proteger as células sadias do organismo contra a ação oxidante dos radicais livres.

Os radicais livres são substâncias formadas naturalmente pelo corpo. Eles são necessários em algumas funções, como na geração de energia, na fertilização do óvulo e em mecanismos de defesa contra infecções. O grande problema é que eles podem desestabilizar as células saudáveis e trazer complicações, como a perda de funções e a criação de mutações no DNA.

Estamos expostos a uma série de situações que estimulam a formação dos radicais livres, como a radiação (proporcionada, entre outros, pelo sol sem a devida proteção), a poluição, e o consumo de álcool e cigarro.

A importância dos antioxidantes está justamente no fato de que estes são capazes de regular a quantidade dos radicais livres no organismo. Eles atuam de duas formas sob os radicais livres: inibindo sua formação e reparando as lesões já causadas.

Uma dieta rica no consumo de antioxidantes colabora para a redução da situação de estresse oxidativo (desequilíbrio entre os níveis de radicais livres e antioxidantes) favorecendo o bom funcionamento das células de todo o corpo e ajudando a prevenir doenças, como o mal de Alzheimer, câncer e doenças cardiovasculares.

Alguns exemplos de antioxidantes nos alimentos são:

  • Betacaroteno – Legumes e frutas vermelhos/cor-de-laranja/amarelos, como abóbora, beterraba, brócolis, cenoura, couve, damasco seco ou melão;
  • Vitamina C – Acerola, brócolis, caju, couve, espinafre, kiwi, laranja, limão, manga, melão, morango, papaia ou tomate;
  • Vitamina E – Arroz integral, amêndoa, amendoim, castanha-do-pará, gema de ovo, gérmen de trigo, milho, óleos vegetais (soja, milho e algodão) e semente de girassol;
  • Ácido elágico – Frutas vermelhas, nozes e romã.
  • Antocianinas – Alface roxa, amora, açaí, ameixa vermelha, berinjela, cebola roxa, cereja, framboesa, goiaba, jabuticaba, morango e repolho roxo;
  • Bioflavonoides – Frutas cítricas, nozes e uvas escuras;
  • Catequinas – Chá verde, morango ou uva;
  • Isoflavona – Semente de linhaça ou soja;
  • Licopeno – Goiaba, melancia ou tomate;
  • Ômega 3 – Atum, cavalinha, salmão, sardinha, semente de chia e de linhaça ou óleos vegetais;
  • Polifenóis – Frutas vermelhas, frutas secas, cereais integrais, cebola, chá verde, maçã, nozes, soja, tomate, uva roxa e vinho tinto;
  • Resveratrol – Cacau, uva roxa ou vinho tinto;
  • Selênio – Aveia, aves, amêndoa, castanha-do-pará, fígado, frutos do mar, nozes, peixes, sementes de girassol ou trigo integral;
  • Zinco – Aves, carnes, cereais integrais, feijões, frutos do mar, leite ou nozes;
  • Cisteína e glutationa – carne branca, atum, lentilhas, feijões, frutos secos, sementes, cebolas ou alho.

 

Saúde sempre!!

Por: Ana Flávia Cunha – Nutricionista – CRN 4196 – Contato: (64) 9 9294 – 8327

Gostou? Então compartilhe 🙂Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on TumblrPin on PinterestShare on Google+Share on StumbleUponEmail this to someone

Autor

admin
Thaylline foi modelo, foi colaborado de um blog de moda com postagens semanais, liderou lojas no varejo de moda em artigos de roupas e sapatos, é colunista de moda da revista RV e apresentadora do programe-te "Thay Na Moda" da TV Sucesso afiliada TV Record.